quarta-feira, 28 de outubro de 2015

COMO ESCOLHER A MELHOR RAÇÃO PARA O MEU CACHORRO?



Hoje em dia quando entramos em um pet shop, encontramos uma variedade enorme de rações. Tem tanta opção, que não sabemos se há realmente diferença entre elas, que não seja apenas o preço e a embalagem. Mas não se preocupe, pois neste artigo eu vou te ajudar a esclarecer algumas das principais dúvidas sobre esse assunto. Como esse tema é muito amplo, vou dedicar outros artigos a ele.

Você tem que ter em mente que, a princípio, o seu animal deve comer apenas ração e nada mais. Mas por que isso?
A ração é um alimento completo e balanceado, composto por proteínas, vitaminas e minerais que contribuem para o desenvolvimento e manutenção da saúde do seu cachorro. Petiscos não estão proibidos, mas devem ser oferecidos em quantidades bem pequenas e jamais devem substituir uma refeição.

Por este motivo, temos que valorizar a ração que vamos dar para os nossos melhores amigos. Ela será a única fonte de nutrientes para o seu cachorro e por isso tem que ser de boa qualidade.

Comida caseira não é indicada, pois favorece o acúmulo de tártaro nos dentes (são aquelas manchas marrons escuras) e se for feita sem orientação, com certeza estará desbalanceada e pode conter ingredientes tóxicos para o cachorro (alho e cebola, por exemplo). Se for preparada de forma equilibrada e específica para o cachorro até pode ser uma opção, caso contrário, prefira a ração. Veja aqui o artigo sobre comida caseira.

As rações úmidas, aquelas que vêm em lata ou sache, não devem ser dadas puras, substituindo as rações secas. Você até pode adicionar um pouco delas misturando com a ração seca, mas saiba que depois que você fizer isso, dificilmente seu cachorro vai aceitar comer novamente apenas a ração seca sem que seja adicionada a ração úmida. Também pretendo escrever um artigo sobre elas em uma nova oportunidade.

Qualquer um aqui, já deve ter feito essa pergunta para o vendedor do pet shop:

Por que esta ração é mais cara do que esta? 


Bem, por mais simples que seja essa pergunta, a resposta é bem mais complexa do que apenas um “porque sim”. Vamos lá...

            A formulação e a composição da ração variam de acordo com alguns critérios, como o porte do animal, a raça e a idade do cachorro. Sendo assim, existem 3 tipos de rações bem diferenciadas em grupos, são elas: Super Premium, Premium e Standard (padrão). É claro que existem também rações populares, mas que apesar do preço ser mais atrativo, não compensam pela falta de balanceamento dos nutrientes e qualidade dos mesmos.

Mas qual a importância do balanceamento dos nutrientes?


Só para você ter uma noção...  uma ração de qualidade terá cerca de 50 tipos de nutrientes diferentes e balanceados de forma a atender as reais necessidades do cachorro.

Quais são essas necessidades?

1.  Desenvolvimento e manutenção do organismo: Os aminoácidos, minerais, oligoelementos (elementos traços), vitaminas e ácidos graxos correspondem às necessidades nutricionais básicas para a manutenção e desenvolvimento do corpo. 

2.      Fornecimento de energia: Os lipídios e carboidratos são as principais fontes de energia para os cães.

3.      Nutrição e prevenção: Alguns nutrientes são incorporados ao alimento (antioxidantes, pre-bióticos, fibras, ácidos graxos essenciais, etc), para evitar riscos, como as doenças renais, problemas digestivos e os efeitos do envelhecimento.

4.    Nutrição e cuidado: Alguns nutrientes são adicionados e outros limitados a fim de sustentar o processo terapêutico ou de convalescença, ajudando os animais a se recuperarem de uma série de doenças.

Portanto, se você comprar uma ração de baixa qualidade, estará privando o seu animal de determinados nutrientes que farão falta a ele e, consequentemente, o deixará mais susceptível a doenças e desnutrição.

Tudo bem, mas até agora eu não entendi a real diferença de uma ração Super Premium para uma Standard, você deve estar se perguntando.

As rações Super Premium são feitas com nutrientes de qualidade superior. Por exemplo, a proteína utilizada será de partes nobres e não de pena, osso (que são menos absorvidas pelo organismo). Além disso, incluem aditivos incorporados ao alimento, como já citados acima, que normalmente não estão presentes em rações da linha Standard.
Estas rações também não contém corantes e algumas contém conservantes naturais, o que torna o alimento com menos química, ou seja, menos prejudicial à saúde do animal à longo prazo.

Outro ponto importante é que as rações Super Premium costumam apresentar tipos bastante específicos para determinadas raças que, conhecidamente, precisam de um cuidado maior. Também apresentam tipos específicos para animais de treinamento e competição. A diferença também é vista no tamanho dos grãos da ração, pois está de acordo com o porte do animal. Já imaginou um cachorro adulto que pesa 1 quilo comendo grãos de 2 cm de tamanho? Fica difícil para ele, concorda?

É claro que nem todo mundo pode arcar com os custos dessas rações, que tem motivo para serem mais caras. Mas nem por isso, você deve dar qualquer coisa para o seu cachorro.

As rações Premium possuem nutrientes de menor qualidade que as super Premium, mas também podem possuir aditivos, como pro-bióticos, ômega 3 e 6. Preste atenção, pois algumas rações Premium possuem corantes e conservantes. Prefira aquelas que não possuam, pois já é sabido que muitos destes corantes e conservantes são cancerígenos.

As rações Standard, são consideradas rações de qualidade razoável, pois suprem as necessidades básicas que um cachorro precisa para viver, mas sem apresentar os benefícios adicionais das rações Premium e super Premium.  

Evitem dar rações de padrão abaixo do mediano (Standard), pois seu animal estará com falta de nutrientes adequados e isso é percebido na pelagem do cachorro, no peso, na fragilidade que este cachorro terá para contrair doenças e até mesmo na quantidade de fezes que ele irá produzir (muito grande).
Rações de boa qualidade fazem com que o animal absorva melhor os nutrientes e consequentemente geram menos resíduos para serem eliminados (fezes).


Coluna VIP recomenda Doogs

SEU PET É A NOSSA INSPIRAÇÃO



Por Dr. Alexandre Figueiredo, médico veterinário./ Blog Dicas Boas Pra Cachoro / Fotos: Divulgação

.

.